quarta-feira, 23 de maio de 2012

Os 12 suplementos mais perigosos

O site The Healthy Boy fez uma lista dos 12 suplementos mais perigosos para a saúde. É comum encontrar remédios (homeopáticos ou não) feitos com alguns dos compostos a seguir. Tem coisa pra emagrecer, aumentar o apetite sexual e até um suplemento que deixará sua pele azul, ideal para o caso de você ser um Smurf. A lista é bastante interessante e vale a pena ser lida.


1. Acônito

     
Também conhecido como: tubérculo aconiti, aconitum, raiz de aconiti.
Usos: inflamação, dor nas articulações, feridas, gota.
Perigos possíveis: alta toxicidade, náuseas, vómitos, pressão arterial baixa, problemas no sistema respiratório, paralisia, distúrbios do ritmo cardíaco, morte.
Comentários: inseguro. Aconite é a causa mais comum de intoxicação grave por ervas em Hong Kong.




2. Laranja amarga

Também conhecido como : aurantii fructus, Citrus aurantium, zhi shi.
Usos: perda de peso, congestão nasal, alergias.
Possíveis perigos: desmaios, arritmia, ataque cardíaco, derrame, morte.
Comentários: Possivelmente inseguro. Contém sinefrina, que é semelhante à efedrina, proibida pela FDA desde 2004. Riscos podem ser maiores quando tomado com cafeína.



3. Chaparral

    
Também conhecido como : arbusto creosote, Larrea divaricata, larreastat.
Usos: resfriados, perda de peso, infecções, inflamações, câncer.
Possíveis perigos: lesão hepática, problemas renais.
Comentários: Provavelmente inseguro. A FDA aconselha às pessoas não tomarem chaparral.




4. Prata Coloidal
  
Essa é interessante pra quem já assistiu a finada série Alcatraz. Pois um cara chamado Paul Karason começou a tomar a prata coloidal por seu suposto benefício à saúde. Por conta disso, o acúmulo de prata no organismo fez com que sua pele ganhasse permanentemente um tom azul. Papai Smurf!


Também conhecido como : prata iônica, prata nativa, prata em suspensão.
Usos: infecções fúngicas e outras, doença de Lyme, rosácea, psoríase, intoxicação alimentar, síndrome da fadiga crônica, HIV / AIDS.
Possíveis perigos: pele azulada, descoloração da mucosa, problemas neurológicos, lesões nos rins.
Comentários: Provavelmente inseguro. O FDA aconselhou os consumidores sobre o risco de descoloração em 2009.




5. Tussilago


Também conhecido como : erva para tosse, folha de farfara, erva de potro.
Usos: tosse, garganta inflamada, laringite, bronquite, asma.
Possíveis perigos: lesão hepática, câncer.
Comentários: Provavelmente inseguro.




6. Confrei

dHerb Pharm Dropper Comfrey    
Também conhecido como : erva preta, confrei, raiz escorregadia.
Usos: tosse, períodos menstruais abundantes, dor no peito, câncer.
Perigos possíveis: danos ao fígado, câncer.
Usos: Provavelmente inseguro. O FDA aconselhou os fabricantes a remover produtos confrei do mercado em 2001.




7. Malva 

  
Também conhecido como : folha do coração, Sida cordifolia, malva branca de seda.
Usos: congestão nasal, alergias, asma, perda de peso, bronquite.
Possíveis perigos: ataque cardíaco, arritmia cardíaca, acidente vascular cerebral, morte.
Comentários: Provavelmente inseguro. Por possíveis perigos relacionados com os seus alcalóides de efedrina, foi banido pela FDA em 2004.




8. Germânio

dNutriCology Germanium   
Também conhecido como : Ge, Ge-132, germânio-132.
Usos: dor, infecções, glaucoma, problemas de fígado, artrite, osteoporose, doenças cardíacas, HIV / AIDS, câncer.
Possíveis perigos: Dano renal, morte,
Comentários: Provavelmente inseguro. O FDA alertou em 1993 que o germânio estava ligado a eventos adversos graves.




9. Celidônia


Também conhecido como: celandina, erva chelidonii, Chelidonium majus.
Usos: dor de estômago, síndrome do intestino irritável, doenças hepáticas, desintoxicação, câncer.
Perigos possíveis: danos ao fígado.
Comentários: possivelmente insegura.




10. Kava

dNatural Balance Kava Kava Root Extract  
Também conhecido como: Awa, Piper methysticum, kava-kava.
Usos: Ansiedade (possivelmente eficaz).
Perigos possíveis: danos ao fígado.
Comentários: Possivelmente inseguro. O FDA emitiu um alerta aos consumidores em março de 2002. Banido na Alemanha, Canadá e Suíça.




11. Lobélia


Também conhecido como: erva para asma, Lobelia inflata, erva de vômito.
Usos: tosse, bronquite, asma, tabagismo (possivelmente ineficaz).
Perigos possíveis: alta toxicidade; overdose pode causar um ritmo cardíaco acelerado, pressão arterial muito baixa, coma, possivelmente morte.
Comentários: Provavelmente inseguro. O FDA alertou em 1993 que estava ligada a eventos adversos graves.




12. Ioimbina

Natrol Yohimbe Bark   
Também conhecido como: ioimbina, Corynanthe yohimbi, Corynanthe johimbi.
Usos: dor no peito, afrodisíaco, complicações do diabetes, depressão, disfunção erétil (possivelmente eficaz).
Perigos possíveis: doses usuais podem causar pressão alta, batimento cardíaco acelerado, doses elevadas podem causar pressão baixa grave, problemas cardíacos, morte.
Comentários: Possivelmente inseguro para uso sem supervisão médica, pois contém um composto controlado: a ioimbina. O FDA alertou em 1993 que os relatórios de eventos adversos graves estavam sob investigação.




Fonte: The Healthy Boy

Um comentário: